quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Serão literário na E.B. 2,3 de Cabreiros

Grande abordagem por parte dos alunos da E.B. 2,3 de Cabreiros - cursos EFA - o que proporcionou um excelente serão literário. Agradeço a todos quantos participaram e enriqueceram esta minha passagem por Cabreiros. Para reportar o momento, aqui ficam algumas fotos:










Encontro literário na Escola Secundária de Barcelinhos

Memorável encontro com a comunidade escolar da Secundária de Barcelinhos: concorrido, desafiador, artístico. Foi, acima de tudo, um grande momento de confraternização, com um agradável chá com conversa, no final; apraz-me registar o envolvimento dos responsáveis e a forma como todos me receberam. Assim se constroi a grande família do livro!




quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Encontro na Escola Secundária Alberto Sampaio

Teve lugar, no passado dia 6 de dezembro, a minha visita à escola Secundária Alberto Sampaio, em Braga. A minha passagem foi marcada pela participação entusiástica de toda a comunidade, e esses momentos ficaram gravados para a posteridade:






quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Reportagem Correio do Minho 15-12-12 - Escola Secundária de Maximinos

Reportagem do Correio do Minho sobre a minha sessão do dia 13 de dezembro, na Escola Secundária de Maximinos, Braga.



Neonírico - Mirrors of my Soul

Este é um vídeo do meu mais recente projeto musical, Neonírico, e da música Mirrors of my Soul, que costumo utilizar nas minhas sessões. É uma meditação sobre a natureza da alma, do ser e da vida, que inspira a minha escrita e que espero que inspire a leitura...


video

Visita à Escola Secundária de Amarante

Foi no passado dia 12 e foi excelente! Uma sessão muito concorrida, com alunos e professores empenhados, tanto na leitura, como na exposição de ideias. Agradeço a todos quantos tornaram possivel o evento e espero que tenha servido o propósito de promover a leitura e a paixão pela literatura!
Ficam algumas fotos da apresentação:






sábado, 10 de dezembro de 2011

Oficial: "O Desafio" à venda nas livrarias nacionais

Já é oficial: o livro-xadrez "O Desafio" está à venda nas livrarias de todo o país.
Este novo livro-objeto prima pelo requinte: caixa em madeira com letras douradas, 32 peças de xadrez, também em madeira, e um livro-xadrez com 300 páginas. Tudo isto por apenas 17,90€!!

"O Desafio" é um refinado tratado de arte literária, com ambientes e linguagem de estética russa, em que o leitor é desafiado, tal como a personagem central, Karpin, a descobrir e derrotar o melhor jogador de xadrez de sempre. Numa sala neutra, Karpin defronta o adversário sem nunca conhecer a sua identidade, pois este só joga quando Karpin se ausenta, transformando o jogo num infernal exercício de paciência diária.
"O Desafio" é uma suprema viagem pelos meandros da corrupção, do poder, da glória, da perdição, da paixão e de todos os desafios que tornam a vida um complexo e apaixonante jogo. 





Espero que desfrutem da leitura, do jogo e da... vida!

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Visita à Escola Secundária de Lousada - 17-11-11

As fotos que se seguem registam a minha passagem pela Escola Secundária de Lousada. Houve momentos de intensa "filosofia", pois a sessão era dedicada a este tema. Foi um encontro bastante produtivo, com intervenções construtivas e muita química num grande ambiente. Agradeço a presença, disponibilidade e interesse de todos quantos assistiram à apresentação dos meus livros e aceito, desde já, o convite que me foi endereçado para voltar! Assim sendo: até breve!





domingo, 13 de novembro de 2011

Pré-lançamento do livro-xadrez "O Desafio" na FNAC - Braga

Teve lugar, no passado dia 11-11-11, o pré-lançamento do meu novo livro "O Desafio", na FNAC de Braga. É mais um livro-objeto, desta feita um livro-xadrez, que conta com um grafismo ousado, pois a capa é um tabuleiro de xadrez e o livro vem numa caixa em madeira com 32 peças, também em madeira. A sessão foi particularmente animada, pelo que agradeço a presença e a curiosidade de todos quantos participaram nesta apresentação. Quanto à nova obra, vou continuar a divulgá-la com uma sessão, já na quinta-feira, na Escola Secundária de Lousada.



 

terça-feira, 1 de novembro de 2011

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Apresentação na escola Vieira de Araújo, Vieira do Minho (24-10-11)

Ficam algumas fotos da minha passagem pela escola Vieira de Araújo, em Vieira do Minho. Houve uma química muito positiva com professores e alunos, o que tornou a abordagem rica e profícua. Agradeço toda a simpatia e carinho que me dispensaram e espero poder regressar em breve!






domingo, 23 de outubro de 2011

Feira Internacional do Livro de Frankfurt

Ficam algumas imagens da minha passagem pela Feira Internacional do Livro de Frankfurt. Foi uma excelente jornada, repleta de encontros literários e profissionais, onde se fica a perceber a magnitude desta indústria e a infinidade de soluções e caminhos a percorrer. 








segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Entrevista à revista: Livros & Leituras

Livros & Leituras - Quem é?
Richard Towers – Sou escritor, criador, autor, editor, assino Richard Towers e o meu nome é Martinho Torres.  
L&L - Como e quando começou a interessar-se por literatura? 
RT – A literatura faz parte da minha formação académica e sempre foi um mundo que me atraiu. Cresci a ler todo o tipo de livros, pois estes permitem-nos viajar, viver aventuras, crescer mentalmente e espiritualmente. Aprofundei conhecimentos, refleti, tornei-me consciente enquanto ser que vive integrado numa sociedade exigente, competitiva e onde os deslizes não são perdoados. É importante perceber que nós somos o que lemos.
L&L - Por que motivo resolveu escrever livros?
RT - Os livros chamaram por mim. Como criador que sou, não passa um só dia em que não tenha uma ideia. Estive muitos anos ligado à música e compunha com frequência; o chamamento da literatura surgiu quando decidi escrever um argumento para um disco. Curiosamente, esse argumento indicou-me o caminho e, a partir daí, não mais parei de escrever.  Neste momento, a escrita tomou o lugar da composição.
L&L - Em que é que se inspira para escrever um livro?
RT - Quando decidi escrever profissionalmente, percebi que entrar no mercado não seria tarefa fácil. Dei azo à minha inventividade e criei um novo conceito: o livro-objeto. O livro-objeto consiste na função dupla do livro – o livro-relógio Tempo, por exemplo, tem um relógio real integrado na capa e pode ser usado como relógio de parede, tal como o livro-espelho Reflexos tem um espelho integrado na capa. O próximo lançamento será o livro-xadrez O Desafio; a capa do livro é um tabuleiro e a embalagem inclui 32 peças em madeira para que se possa jogar. Com esta nova abordagem, além de conseguir entrada no mercado, resolvi a questão da inspiração, pois a temática do livro está sempre subjacente ao objeto: o tempo, o reflexo, o jogo... Em relação à minha escrita, considero-me um ficcionista que procura o equilíbrio entre o fantástico e o filosófico. As minhas personagens são ambíguas, voláteis, expressam-se em diversas dimensões; a minha linguagem é muitas vezes poética, embora apareça, a espaços, crua e objetiva.
L&L - Qual foi a obra que mais gostou de escrever e porquê?
RT - Continuo a considerar o meu primeiro texto Apolion ou A Paixão de Lúcifer uma criação única e incomparável. Foi uma obra de parto difícil, obrigou-me a vários anos de pesquisa, a várias reescritas, a uma delicada fiação. Com esse texto, enriqueci a minha linguagem e a minha visão do mundo, daí o considerar a minha obra suprema. Posso adiantar que conhecerá a luz do dia ao longo do próximo ano.
L&L - Se não fosse escritor, o que gostava de ser? 
RT - Músico seria a resposta mais óbvia, mas como ainda me considero músico, julgo que não é válida. Se não fosse escritor, seria pintor. Apaixona-me a pintura – a forma como se conjugam as cores, como se obtêm as texturas, como se chega a um resultado final que nos extasia. É um pouco como a música – não são necessárias palavras para se perceber todo um mundo.
L&L - Quais são seus autores preferidos?
RT - Inúmeros. Apaixonei-me recentemente pela literatura russa, a qual me serviu de inspiração para escrever o livro-xadrez O Desafio. Autores como Gogol, Dostoiévski ou Tolstói têm preenchido o meu imaginário literário e, embora nunca tenha ido à Rússia, sinto que um pedaço daquele lugar me pertence. Também gosto de autores contemporâneos; cá, há boas referências, casos do José Luís Peixoto, do valter hugo mãe (em minúsculas para respeitar a vontade do criador) ou do Gonçalo M. Tavares que têm criado obras de muito valor e desenvolvido uma carreira consistente, na linha da nossa grande tradição literária. Fica também o elogio a todos os outros autores que ergueram bem alto o nome de Portugal.
L&L - Que conselho daria a alguém que deseje vir a ser escritor? 
RT - É necessária muita persistência, uma grande abnegação, capacidade para entender e tirar partido das críticas, ser genuíno e enfrentar a adversidade com um sorriso.
L&L - Para quando um novo projeto editorial?
RT - Ainda este ano, será lançado o livro-xadrez O Desafio. Para o próximo ano, há vários títulos na forja; um deles já foi referido (Apolion ou a Paixão de Lúcifer) e há mais dois que já concluí e que apenas esperam pelo melhor momento para se darem a conhecer ao público. Pretendo, a longo prazo, criar uma coleção única de livros-objeto, assinados Richard Towers e Neoma Produções, a minha editora (www.neoamproducoes.com), por isso, considero que a aventura está apenas no início.

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

The Object-Book



 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
  •      Art, glamour, exquisite design
  •      Innovation and audacity
  •     A defying treaty of litterature where the object is    the theme
  •      Double function with an affordable price
  •      Unique and personal
  •      The perfect gift
  •      Eco-friendly and reusable packaging
     Upcoming releases: the map-book, the labyrinth-book, the gate-book, the polyptych-book and more, much more...

Richard Towers - Biografia



Richard Towers, pseudónimo de Martinho Fernando Alves Torres, nasce a 14 de Janeiro de 1974 em França (Saint Germain-en-Laye, Paris). Radica-se em Portugal em 1984, no concelho de Guimarães, onde conclui os seus estudos secundários. Licencia-se no ensino de Português e Francês pela Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, no ano 2000, e faz uma pós-graduação em Educação Especial, em 2008, pelo Instituto Superior de Ciências da Educação. Após passagem por várias escolas, 2009 é o último em que exerce docência. Decide então tornar-se profissional da escrita.
Após uma aturada pesquisa pelo mercado literário, resolve criar a sua própria editora para publicar o seu trabalho. Resolve abanar as fundações do estereótipo e cria produtos que possam fugir a tudo o que é convencional. É neste contexto que nasce o livro-relógio “Tempo”, o livro-espelho “Reflexos” ou o livro-xadrez “O Desafio”. Pensados para serem mais do que um livro, estes trabalhos visam demarcar-se do tradicionalismo obstinado da edição literária para se inscreverem num novo movimento – o do livro-objecto.